Como os vírus se tornaram os verdadeiros donos do mundo?

Como os vírus se tornaram os verdadeiros donos do mundo?

 

Há umas semanas acordámos e deparámo-nos com uma nova realidade. Percebemos que somos meros passageiros num mundo que passou a ser controlado por vírus. O problema é que, mesmo não os vendo, estes estão cada vez mais fortes e tudo por nossa causa.

Muitos se questionam sobre o que serão e qual o impacto dos mesmos nas nossas vidas.

Os vírus não são células mas agentes infeciosos. Para muitos cientistas, nem são considerados seres vivos. Não são visíveis a olho nu e multiplicam-se rapidamente, num curto período de tempo, causando inúmeras e diversas doenças. Eles só se conseguem multiplicar com ajuda externa, ao infiltrarem-se nas células de outros seres vivos. É aí que se multiplicam e que levam à infeção, surgindo os primeiros sintomas.

Mas como é que os podemos combater?

 

Como não vivem, não é possível matá-los. Não existem antibióticos que os combatam. Contra eles há apenas vacinas e antivirais. Enquanto a vacinação ajuda a prevenir a infeção vírica, os antivirais tratam a infeção quando instalada.

Face ao que estamos a viver atualmente, rapidamente percebemos a grandeza de um “ser” invisível perante o comum dos mortais. São eles que hoje controlam o Mundo!

A boa nóticia é que está literalmente nas nossas mãos assumir o controlo novamente! smiley

 

 

Autora:

Sofia Dourado

Formadora Icone nas áreas da Saude, Terapias & Reabilitação

Professora de Ciências da natureza

anterior seguinte

Este website utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização.     Saber mais Concordo